O excesso de tecnologia na infância

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
SICOOB - Plano Safra (feed 1080x1080)

O uso intenso da tecnologia está se elevando desde o século XX (ROSA; SOUZA, 2021) e gradualmente com o passar dos anos, vem aumentando sua presença sendo indispensável no cotidiano de todos. Essa temática se torna cada vez mais relevante, visto que, essas novidades tecnológicas estão sendo inseridas na vida das crianças, na maioria das vezes de forma precoce, através de mídias digitais, brinquedos robóticos, tablets, televisores, smartphones, entre outras tantas formas, afetando progressivamente seu desenvolvimento quando utilizados em excesso.

Nos dias de hoje, tem se tornado comum encontrar pessoas utilizando uma tecnologia digital, deixando de lado a interação presencial com pessoas próximas, prejudicando inclusive o afeto familiar. Contudo, a medida em que isso se torna um hábito, ganhando uma dedicação de tempo maior do que outras atividades, é fundamental se atentar a influência que esta prática irá gerar á longo prazo, principalmente na infância, onde as relações sociais são indispensáveis ao desenvolvimento (RAMOS; KNAUL, 2020, pg. 161). Segundo a Opice Blum Academy (2021), pesquisas nacionais e internacionais mostram que o acesso à internet pelas crianças está acontecendo cada vez mais cedo, sendo que, algumas, antes mesmo dos 4 anos de idade, ganham seus próprios dispositivos eletrônicos, onde muitas vezes o uso da tecnologia é feito sem a supervisão de seus pais, o que torna o fato ainda mais preocupante.

A maneira como as crianças estão usando a tecnologia, não é saudável para seu desenvolvimento mental, visto que, o cérebro está em constante demanda, tornando estas mais reativas e nervosas, trazendo sentimentos de inquietação e ansiedade. Com a tecnologia na ponta dos dedos, nem sequer necessitam memorizar algo, ou mesmo pensar em coisas novas, pois a informação é obtida facilmente sem muito esforço. Uma pesquisa recente mostrou que até a estrutura e funcionamento do cérebro são alterados pelo uso excessivo de telas e smartphones. Em estudo feito em 2019, pela revista JAMA Pediatrics, varreduras cerebrais mostram que crianças que dedicam seu tempo às telas possuem uma mielina cerebral menor (denominada matéria branca devido sua coloração esbranquiçada presente no cérebro), causando menor capacidade de letramento e linguagem, afetando a função cognitiva da criança e consequentemente prejudicando sua capacidade de armazenar, recuperar e processar informações em pensamentos, sentimentos e comportamentos (KANG, 2021).

Contudo, se a tecnologia for usada com moderação pode influenciar e estimular o aprendizado, pois existem muitos jogos interativos e educativos com variados conteúdos e lições que podem favorecer a aprendizagem, porém, é capaz de ocasionar grandes consequências as crianças se não houver o monitoramento quanto ao tempo de exposição e conteúdo acessado por estas (MELLO et al., 2024). Sendo assim, é de extrema importância que os responsáveis orientem as crianças a maneira correta de utilizar a tecnologia, se tornando uma aliada ao seu desenvolvimento e aprendizagem e não uma vilã.

 

REFERÊNCIAS
KANG, S. Tecnologia na Infância: criando hábitos saudáveis para crianças em um mundo digital, 2021. Disponível em: <https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=aB85EAAAQBAJ&oi=fnd&pg=PA1&dq=tecnologia+na+inf%C3%A2ncia&ots=RMbFLBe1FM&sig=LiTW4dkDcPXihGqFw9Tynhrx6MM#v=onepage&q&f=false>. Acesso em: 25 de jun. de 2024.

MELLO, E. A. de; CADONÁ, E.; FAGUNDES, D. G.; PEREIRA, A. R.; MÉDICI, M. S. Tecnologia e a influência na educação infantil. Contribuiciones A Las Ciencias Sociales, São José dos Pinhais, v. 17, n. 4, p. 01-22, março, 2024. Disponível em: <https://ojs.revistacontribuciones.com/ojs/index.php/clcs/article/view/5973/4090>. Acesso em 25 de jun. 2024.

OPICE BLUM ACADEMY, 2021. Disponível em: < https://opiceblumacademy.com.br/o-excesso-de-tecnologia-na-infancia-qual-e-o-limite/>. Acesso em: 25 de jun. de 2024.

RAMOS, D. K.; KNAUL, A.P. O uso das tecnologias digitais na infância pode influenciar nos modos de interação social? Evidências de uma revisão sistemática de literatura. Interfaces da Educação, 2020, v. 11, n. 32, pg. 159-187, 2177-7691. Disponível em: <https://periodicosonline.uems.br/index.php/interfaces/article/view/3818/3569>. Acesso em: 26 de jun. 2024.

ROSA, P.M.F.; SOUZA, C.H.M de. Ciberdependência e infância: as influências das tecnologias digitais no desenvolvimento da criança. Brazilian Journal Of Development, Curitiba, v.7, n.3 p. 23311-2332, março, 2021. Disponível em: <https://ojs.brazilianjournals.com.br/ojs/index.php/BRJD/article/view/25955/20586>. Acesso em: 25 de jun. de 2024.

Fonte: Mari Masarro Dalla Libera

Compartilhe:

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
SICOOB - Plano Safra (feed 1080x1080)

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo