RS tem cerca de 90% dos municípios infestados pelo mosquito Aedes aegypti, diz SES

Aedes aegypti também é transmissor da febre amarela. — Foto: Prefeitura de Cabo Frio
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
OBAOK
278875877_5073530309371253_7577404801244216723_n
WhatsApp Image 2022-05-12 at 09.02.05

O Rio Grande do Sul tem 434 cidades infestadas pelo mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde. O número representa 87,3% do total de municípios do estado.

De acordo com a SES, atualmente são 1.715 casos confirmados da doença, sendo que 1.527 são autóctones, ou seja, contraídos no estado. A pasta destaca que para ser considerado infestado o município precisa detectar o mosquito de forma domiciliada, ou seja, presente em residências ou comércios. Os dados foram atualizados na terça-feira (22).

Os números apresentados pela SES, porém, apresentam grande divergência dos divulgados pelas secretarias municipais de saúde. No painel da secretaria estadual, o município com o maior número de casos confirmados, por exemplo, é Rodeio Bonito, na Região Norte, com 359. O último boletim informativo divulgado pela prefeitura, apresentava 611 casos confirmados, sendo que 250 estão ativos.

Já a cidade de Igrejinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre, tem 917 casos positivos de dengue, de acordo com a administração municipal. Mas na contabilidade do estado, o município sequer aparece entre as 10 primeiras cidades com o maior número de casos.

Ao g1, a SES informou que o painel é atualizado frequentemente pela área técnica da secretaria a partir de informações do banco de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), onde são notificados os casos. “Os municípios precisam encerrar os casos no Sinan para termos acesso às informações”, destaca a pasta.

O secretário de saúde de Igrejinha Vinicio Wallauer destaca que os dados do município estão atualizados no sistema e devem entrar no painel estadual na próxima atualização.
Em Igrejinha, os primeiros casos de dengue deste ano começaram a aparecer depois do feriado de carnaval.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

 

Aumento de casos após o carnaval

Em Igrejinha, os primeiros casos de dengue deste ano começaram a aparecer depois do feriado de carnaval.

“É uma questão inédita, como não tínhamos números expressivos de casos, então isso nos preocupa. Começaram [os casos] a surgir no fim de fevereiro e a partir daí viemos realizando ações de combate”, destaca o secretário Vinicio.

Com o aumento, o município decidiu adaptar o Centro de Triagem de Covid para diagnóstico de dengue. Segundo a secretaria, a maioria dos pacientes atendidos com suspeita de dengue apresenta sintomas como: febre, dor no corpo, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos, mal-estar, diarreia, náuseas , perda de apetite, manchas na pele e coceira.

A unidade fica aberta diariamente, incluindo sábado e domingo, das 7h às 19h.

Em Rodeio Bonito, os casos também começaram a aumentar neste ano, mas a secretária de Saúde Daniela Strapazzon destaca que já há uma diminuição nesta semana.

“A gente evidenciou que desde segunda diminuiu o número de contaminados por dia, da outra semana que tivemos muito mais casos”, disse ao g1.

Mapa de cidades com infestação de Aedes aegypti no RS — Foto: Reprodução / SES

Mutirões de limpeza

Em Dois Irmãos, a prefeitura está realizando mutirões e ações de limpeza em bairros com maior incidência de casos. Até esta quarta, eram 515 casos positivos da doença na cidade.

“A gente convida a população a reservar 10 minutos da sua semana, cinco minutos duas vezes na semana para revisar o quintal, revisar o entorno da sua residência. Vai fazer muita diferença no combate ao mosquito, e vai nos ajudar a conter essa epidemia”, diz a secretária de saúde da cidade, Júlia Lopes de Oliveira.

A prefeitura de Porto Alegre também está realizando ações de combate à dengue durante esta semana. Nesta quarta-feira (23), o trabalho ocorreu nos bairros Partenon (imediações da Cristiano Fisher, Ivo Janson e Ceres) e Cavalhada (imediações da Mario Tota e Nelson Pulgatti).

Os agentes estão identificados com crachás e vestem coletes da Prefeitura de Porto Alegre. Em caso de dúvida, os moradores podem entrar em contato pelo fone 156 e confirmar a matrícula e o nome dos profissionais.

A Capital tem 303 casos confirmados, sendo que 296 foram contraídos na cidade. Em todo o ano passado, foram 83 registros. Segundo a prefeitura, os casos são registrados em todas as regiões, com prevalência nos distritos Leste e Centro Sul.

Na quinta (24), os agentes de combate a endemias estarão nos bairros Ipanema (próximo à rua Tito Marques e rua Conselheiro Xavier da Costa) e Bom Jesus (próximo à Nossa Senhora de Fátima e José Volkmer). Em caso de chuva, o cronograma é interrompido.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

 

Dicas para eliminar o mosquito

Os depósitos preferencias para os ovos são recipientes domiciliares com água parada ou até na parede destes, mesmo quando secos. Os principais exemplos são pneus, latas, vidros, cacos de garrafa, pratos de vasos, caixas d’água ou outros reservatórios mal tampados, entre outros.

 

Veja medidas preventivas que podem ser adotadas

  • Manter tampada a caixa d’água, assim como tonéis ou latões que estejam expostos à chuva
  • Guardar pneus velhos sob abrigos
  • Não acumular água em vasos de plantas ou nos pratos onde ficam (cobrir com areia)
  • Manter desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises
  • Colocar embalagens de vidro, plástico ou lata em lixeira fechada
  • Manter a piscina tratada o ano inteiro

    Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

FONTE: G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
OBAOK
278875877_5073530309371253_7577404801244216723_n
WhatsApp Image 2022-05-12 at 09.02.05

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova